Umectação noturna dicas e curiosidades

Dormir com os cabelos só o bagacinho, estragadinho pelo sol, praia, piscina, poluição, cheio de frizz, ressecado … e acordar linda maravilhosa, é possível

Olá gatonas, tudo bem? Umectar os cabelos é um tratamento que nutre os fios, deixa eles mais pesados, hidratados e diminui o frizz, essa são razões suficientes para aderir à técnica, mas os benefícios não se resumem a esses, ela ainda repõe nutrientes perdidos pelos cabelos devido à poluição, sol, água salgada ou clorada (praia e/ou piscina), e melhora a textura dos fios.

Algo com tantos benefícios pode parecer difícil de fazer, mas pelo contrário, é um tratamento bem simples e melhor acessível à todos. Para umectar os fios você precisa basicamente de um óleo 100% vegetal como o óleo de coco, azeite de oliva, óleo de rosa mosqueta, óleo de rícino, entre outros.

Mas com tantas opções, como saber qual é o melhor? A única forma é testando. Eu já experimentei esses citados e notei em cada um deles, uma resposta diferente dos meus fios, explico, o óleo de coco, meu favorito, ganhou esse posto porque, além de nutrir bem, ele sai dos meus fios com mais facilidade, não deixa os cabelos com aspecto de sujo ou úmido, como acontece com o azeite de oliva extra virgem, por exemplo.

beneficios oleo de coco

Imagem: Reprodução

O óleo de rícino também é muito bom, dos meus cabelos saem com certa facilidade, ganhando a segunda posição de favorito. Já o óleo de rosa mosqueta é maravilhoso, mas o preço é bem mais salgadinho do que os outros, então não uso tanto nos cabelos, prefiro deixar para a pele que também é ótimo, mas isso é ema para outro post hehe.

Tendo escolhido seu óleo para umectar, como fazer o tratamento? É bem simples, primeiro, com os cabelos secos e sujos, sim, é bom que os cabelos estejam sujos pelo simples fato de que vai lavar pela manhã, não fazendo sentido lavar a noite, para horas depois lavar novamente.

Coloque um pouco do óleo na palma da mão e esfregue uma mão na outra para aquecer esse óleo, essa aquecida do óleo ajuda a penetração dos nutrientes na fibra capilar, em seguida, aplique em mechas finas dos cabelos, até que cubra todos os fios. Não é necessário usar óleo demais, apenas o suficiente para umedecer os fios, isso evita que sua fronha amanheça toda manchada e/ou engordurada.

Além de aplicar em todo o comprimento e pontas dos fios, é importante aplicar também no couro cabeludo, promovendo uma suave massagem com as pontas dos dedos, isso irá estimular a circulação sanguínea no local, facilitando o crescimento dos fios. Veja como eu faço 🙂

Voltando à fronha, uma dica para não a danificar é, após aplicar o óleo em todo o cabelo e couro, usar uma touca ou camiseta nos cabelos, e deixe que o óleo aja nos fios durante toda a noite.

Na manhã seguinte, para remover todo o óleo, lave os cabelos duas vezes com xampu, e em seguida condicione, e seus cabelos estarão lindos e super nutridos.

Fato é que, nem sempre tirar a umectação é tão fácil, comigo, principalmente quando uso o azeite de oliva, meus cabelos seguem grudentinhos mesmo depois de lavar duas vezes, e como faço para resolver?

Bem, essa é a razão que faz com que muitas meninas desistam da técnica, (quase desisti também hehe), mas nesse vídeo trago uma dica maravilhosa que desde que conheci não abro mão, ela facilita muito a retirada e os fios ficam incríveis.

A meu ver, um dos maiores benefícios da umectação noturna é o ganho de tempo, porque além de todos os benefícios citados lá no início da matéria, é um tratamento que seu cabelo recebe enquanto você dorme, quer melhor hehe.

Até+

nick

Já escreveu 1399 post nesse blog.

Publicitária por formação, criou esse blog com o intuito de compartilhar assuntos como moda, beleza, saúde, e tantos outros. Uma certeza: Todos temos algo para aprender e a ensinar.

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 0 (from 0 votes)

nick

Publicitária por formação, criou esse blog com o intuito de compartilhar assuntos como moda, beleza, saúde, e tantos outros. Uma certeza: Todos temos algo para aprender e a ensinar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *