Hidratando o rosto com mel

O mel além de uma delícia faz muito bem para a saúde da pele, é um excelente umectante e por isso hidrata profundamente amenizando linhas de expressão.

Mas, para conseguir tais benefícios é preciso seguir algumas dicas na aplicação, uma boa notícia é que não precisa ser misturado a nada, pelo contrário, quanto mais puro e natural melhor.

Para amenizar as linhas de expressão ao redor dos olhos, uma das primeiras partes a denunciar a idade, molhe a ponta dos dedos no mel e vá fazendo massagens suaves e circulares na região, isso vai melhorar o fluxo sanguineo, hidratar e diminuir as rugas.

Outra parte do rosto que requer atenção e uma massagem suave no momento da aplicação é os lábios e a região ao seu redor, pois naturalmente tende a ressecar, fazendo isso, evita e mantém saudável e com um viço natural.

A testa também merece uma massagem com movimento circulares e leves beliscoezinhos, isso deve ser feito sempre em movimentos leves e lentos, bem no estilo, relaxe e aproveite a massagem.

Depois de ter usado o mel nessas regiões, passe em todo o rosto e também no pescoço e repouse por alguns minutos, depois basta lavar bem para retirar todo o mel.

usar mel no rosto

Essa hidratação pode ser feita sempre que sentir que sua pele está precisando de um cuidado e carinho especial. O resultado é sentido ao toque, mas, mesmo sem tocar os olhares notam :).

Agora me diga, já usou ou usa o mel como um aliado de beleza? Se já como usa? Se não, que tal experimentar, vai amar. See you soon!

nick

Já escreveu 1227 post nesse blog.

Estudante de Comunicação Social, criou esse blog para compartilhar assuntos como moda, beleza, saúde, e tantos outros. Uma certeza: Todos temos algo para aprender e a ensinar.

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 5.0/5 (1 vote cast)
VN:F [1.9.22_1171]
Rating: +1 (from 1 vote)
Hidratando o rosto com mel, 5.0 out of 5 based on 1 rating
loading...

nick

Estudante de Comunicação Social, criou esse blog para compartilhar assuntos como moda, beleza, saúde, e tantos outros. Uma certeza: Todos temos algo para aprender e a ensinar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *