Beleza, Curiosidades, Videos

Como acabei com a minha anemia

Olá more, tudo bem? Quer relato pessoal? Esse é bem nesse estilo. Comecei a pensar o que eu havia feito de diferente para não estar com anemia como em todas as outras vezes

A anemia atinge mais de 2 milhões de pessoas por ano no Brasil, e euzinha aqui era “perseguida” por ela desde que me lembro por gente. Sempre que fazia um exame ela estava lá marcando presença, eu iniciava um tratamento que fazia ela sumir, mas logo voltava, ou seja, os tratamentos eram paliativos.

Lembro bem de quando eu era pequena (tudo bem que não cresci muito hehe), todo mês, em uma data específica ao voltar da escola, passava pelo posto de saúde para buscar meu vidro de sulfato ferroso, para tratar a anemia. Foi tanto tempo bebendo o sulfato ferroso líquido (parece ferrugem, só quem já bebeu tem noção de quão ruim isso é) que por muitos anos caso eu bebesse ou comesse algo em um recipiente de alumínio, o gosto de ferrugem aparecia.

Graças ao avanço tecnológico, a indústria farmacêutica começou a produzir o remédio em comprimido, o que cá entre nós, facilitou e muito a vida de quem precisa fazer uso desse medicamento.

dor causada pela anemia

Na minha adolescência comecei a tomar o sulfato ferroso em conjunto com ácido fólico e as coisas pareciam melhorar, no entanto, logo a anemia atacava novamente e sempre com um mesmo sintoma, dor no perto em uma intensidade que era necessário eu me “dobrar” para aliviar a pressão.

Com o tempo descobri que essa dor acontecia por conta da baixa oxigenação no meu sangue. Sintoma comum em quem tem anemia, então além de ficar mais fraca, pálida e com mais sono que o normal, a anemia me causava dor.

A dieta que me foi passada pela minha médica em uma das vezes que foi detectado a anemia no meu sangue, foi acrescentar a minha alimentação diária, miúdos de frango, que deveriam ser consumidos pelo menos três vezes por semana, folhas verde escuras como brócolis, espinafre, couve … essas são mais ricas em ferro. Ela me indicou ainda a ingestão de 3 copos de leite de soja por dia.

Há um tempo eu comecei fazer uso da Geleia Real por algumas razões, a primeira delas foi a curiosidade mesmo, já tinha lido muito à respeito, e saber que é um alimento tão rico em vitaminas A, C, E, vitaminas do complexo B, proteínas, proteínas, lipídios, aminoácidos, além de minerais como potássio, cálcio, ferro, zinco, magnésio, cobre e cromo.

Fato é que um aproximadamente um mês após começar a ingerir a geleia real diariamente, eu precisei fazer um check up (depois conto porque), e nos resultados uma coisa me chamou muito a atenção, de acordo com palavras da minha médica “eu não tenho nem um traço de anemia”. Tem ideia do que é ouvir isso a primeira vez depois de 36 anos de vida, fala sério, foi demais pra mim, e pra completar ela disse “você pode até doar sangue”.

Sério, amei demais. Mas um detalhe, comecei a pensar o que eu havia feito de diferente para não estar com anemia como em todas as outras vezes, e a minha conclusão foi bem rápida GÉLEIA REAL, foi a única coisa que mudou na minha “dieta”, e por falar em dieta, nem aquela que ela me havia indicado anos antes eu estava seguindo.

A geleia real é o único alimento consumido pela abelha rainha, e se comparada a uma abelha operária, a rainha é em média 5mm maior que a abelha operária. E enquanto a operária vive entre 28 e 48 dias sendo alimentada com geleia real apenas nos dois primeiros dias de vida, a abelha rainha que é alimentada apenas com essa geleia, vive em orne de 5 anos, Ui, não espero ser imortal hehe, mas para a minha saúde fez total diferença.

A geleia real é encontrada em casa de produtos naturais e em alguns sites pelo valor médio de R$ 100,00, mas esse valor varia, então vale pesquisar. Eu uso em média uma porção do tamanho de um grão de arroz embaixo da língua, basta colocar a geleia real, fechar a boca e deixar o corpo absorver. Os resultados para mim apareceram logo, e o sumiço da anemia foi apenas um dos efeitos que percebi, depois eu conto mais. Até+

nick

Já escreveu 1495 post nesse blog.

Publicitária por formação, criou esse blog com o intuito de compartilhar assuntos como moda, beleza, saúde, e tantos outros. Uma certeza: Todos temos algo para aprender e a ensinar.

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 0 (from 0 votes)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *