Depois dos trinta

Calma – será que sou mesmo

Sempre, invariavelmente sempre que ouço isso fico confabulando comigo mesma: será que eu sou calma desse jeito mesmo que as pessoas pensam e afirmam?

Quem me conhece e/ou tem um convívio considerável comigo (não necessariamente  more comigo, mas está sempre em contato, ou me segue), tende a acreditar que eu sou muito calma. Por esses dias tenho ouvido bastante esse tipo de comentário “você é TÃO calma”. Será mesmo?

Sempre, invariavelmente sempre que ouço isso fico confabulando comigo mesma: será que eu sou calma desse jeito mesmo que as pessoas pensam e afirmam? Afinal, será que nem eu me conheço tão bem assim, ou como consigo passar essa calmaria toda?

primeira vez coca cola

Não preciso de muito pensar para chegar a conclusão de que: não, eu não sou tão calma assim, eu sou sim comedida, penso muito para não falar besteira, analiso os prós e contras de cada atitude minha para não me precipitar e evitar arrependimentos futuros.

A verdade é que muito do que eu sinto, guardo para mim mesmo, as vezes fico analisando os fatos, tentando visualizar alternativas e formas de reparar ou decidir da melhor forma. As vezes me sinto só, por não me abrir tanto, por não compartilhar o que de fato sinto, mas é difícil fazer isso sem julgamentos.

Sei que escrevendo isso aqui você pode me julgar, pode achar que sabe o que na verdade não sabe, pode tentar de alguma forma me entender (isso é legal), mas será que continuo? Isso é só um desabafo, porque tem um nó aqui na minha garganta, coisas que as vezes preciso gritar, mas sei as consequências que isso traria, assim, subjetivamente, te conto sem contar hehe

Já aliviei um pouco minha angustia, vou ouvir uma canção, talvez, quem sabe assim os sorrisos retornem e a minha “doçura e mansidão” se mantenha.

Nem acredito que achei essa preciosidade. Ouve comigo?

Se eu pudesse conversar com sua alma
Eu diria: Fique calma, isso logo vai passar
Eu daria um conselho: Chore mesmo!
E enquanto chora, aproveita pra orar
Porque quem chora pra Deus é consolado
É bem aventurado e Deus não desamparará
Ele mesmo enxugará as tuas lágrimas
Então desabafa e deixa ele te abraçar

Calma, calma
Não se preocupe, tenha calma
Calma, calma
Eu dedico esse refrão pra sua alma

Se eu pudesse conversar com sua alma
Eu diria: Fique calma, não é só você que sente assim
Não é que você seja estranha
É que você é estrangeira, o seu lar não é aqui
Lá no céu, um dia tudo se encaixa
E o que hoje te inquieta não vai mais te preocupar
Você vale mais que o mundo inteiro
E por toda sua espera Deus vai te recompensar

Calma, calma
Não se preocupe, tenha calma
Calma, calma
Eu dedico esse refrão pra sua alma

Até+

nick

Já escreveu 1502 post nesse blog.

Publicitária por formação, criou esse blog com o intuito de compartilhar assuntos como moda, beleza, saúde, e tantos outros. Uma certeza: Todos temos algo para aprender e a ensinar.

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 0 (from 0 votes)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *